Skip to content Skip to footer

15 de Dezembro

20h00 | Duração: 70m | M6
2020

ELAS E O JAZZ lançam disco homónimo e apresentam-no no palco do Teatro Maria Matos no próximo dia 15 de Dezembro.

O primeiro registo de estúdio do trio composto por Joana Machado, Mariana Norton e Marta Hugon chega no final do ano e para assinalar o momento Elas e o Jazz regressam ao palco, em Lisboa. Uma noite inesquecível que nos levará numa viagem a três vozes, conduzida pelos temas que fizeram a história do jazz.

“Elas e o Jazz nasceram há apenas 3 anos, mas parece que estivemos juntas uma vida inteira. A música teve o condão de nos unir e, sobre a nossa diferença, construímos um projeto, mas também uma amizade que se vem estreitando. Na partilha do palco e do amor pelo jazz descobrimos inspiração, esperança e muito humor. Quisemos honrar os temas que foram a nossa escola e a nossa casa dentro do jazz. O nosso espetáculo tem essa linguagem cúmplice e generosa como fio condutor e partilhamo-la com o nosso público. Partilhamos também os arranjos dos temas que são nossos e originais e os maravilhosos músicos que nos acompanham e que também fazem parte desta história. Agora achámos que podíamos gravá-la em disco e trazê-la ao palco do Maria Matos. Estamos apenas no início, mas como em qualquer viagem, talvez o fim não seja nada e a estrada seja tudo.”

E L A S

PRÓXIMOS EVENTOS

AMÁLIA E OS POETAS | ESPECTÁCULO DE PEDRO MOUTINHO

17 de Maio
15€
Para celebrar o centenário de Amália Rodrigues, Pedro Moutinho criou um espectáculo cujo o mote foi a seleção de alguns dos mais importantes poetas Portugueses cantados por Amália Rodrigues.

Minta & The Brook Trout – Demolition Derby

24 de Maio
12,50€
No ano em que se assinalam 15 anos do início do projecto que deu origem a Minta & The Brook Trout, a banda fundada por Francisca Cortesão apresenta ao vivo o seu mais recente álbum, "Demolition Derby".

NEEV – Uma Odisseia em Concerto

25 de Maio
15€
O álbum “Philosotry” é o ponto de partida desta viagem que vai lembrar “Dancing in The Stars”, a mais votada pelo público no Festival da Canção, e “Breathe”, editada com os noruegueses SEEB e que conta com mais de 250 milhões de streamings no Spotify e no Youtube.