Skip to content Skip to footer

21 de Junho

21h00 | Duração: 75m | M6
Bilhetes: 10€

JOANA ESPADINHA – NINGUÉM NOS VAI TIRAR O SOL

Concerto de pré-apresentação do novo álbum.

“Ninguém nos vai tirar o sol” é primeira canção que decidi revelar do meu novo álbum, escrita e gravada durante o primeiro período de confinamento. É uma canção doce, que escrevi como se fosse um mantra, para me ajudar a lidar com a incerteza dos tempos que vivemos, num optimismo quase ingénuo, mas de certa forma libertador. É uma canção também marcada pela descoberta da maternidade, que me ensinou a estar mais presente, que há sempre beleza por descobrir e que a simplicidade nos pode resgatar, até dos lugares mais escuros.”

“Ninguém Nos Vai Tirar O Sol” é o título do novo tema de Joana Espadinha e, simultaneamente, anuncia a chegada a 21 de Setembro de um novo álbum com o mesmo nome.

Para celebração do regresso aos discos depois de “O Material Tem Sempre Razão”, Joana Espadinha concebeu um espectáculo de pré-apresentação do novo disco, um momento em que as novas canções visitam o palco, algumas pela primeira vez, e ainda antes de serem conhecidas do grande público. Aliás, será no mesmo dia que em que se apresenta no Teatro Maria Matos que a revelação das novas sonoridades se iniciará em todas as plataformas de streaming, num caminho que se pretende, conduza o público até ao final do Verão na descoberta do álbum “Ninguém Nos Vai Tirar O Sol”. Uma experiência de características inéditas que permitirá aos interessados a degustação da criatividade de Joana Espadinha.

Coincidentemente, também nesse dia chegará aos escaparates, a edição em vinil de “O Material Tem Sempre Razão”, registo fundamental na sua consolidação enquanto intérprete e compositora. Depois de “Avesso” em 2014, Joana publicou “O Material Tem Sempre Razão” em 2018, afirmando o seu universo pop com canções inesquecíveis como “

Leva-me a dançar” ou “Pensa bem”. Em paralelo, é uma das autoras mais requisitadas da cena musical nacional, com criações para Carminho, Cristina Branco, Cláudia Pascoal, Sara Correia ou Luís Trigacheiro.

Múltiplos motivos de interesse e entusiamo para que seja marcada presença nesta noite. Acreditamos mesmo que este levantar o véu para o que aí vem, crie nos presentes um sentimento de exclusividade proporcional à empatia que temas como “Mau Feitio”, “Queda Prá Desgraça” ou “O Príncipe E O Sapo” provocarão. Sobre os outros, os menos recentes, a magia é constante.

JOANA ESPADINHA – voz, teclado
MARGARIDA CAMPELO – teclados, voz
JOÃO FIRMINO – guitarras e voz
FRANCISCO BRITO – baixo
NUNO SARAFA – bateria, percussões

PRÓXIMOS EVENTOS

Joana Espadinha

21 de Junho
10€
Pré-Apresentação do disco “Ninguém Nos Vai Tirar o Sol”.

Afonso Pais

22 de Junho
10€
Lançamento do disco “O Que Já Importa”. Com este conjunto de canções, Afonso Pais, compositor e guitarrista Afonso Pais inaugura um novo capítulo de concretização artística, quatro anos depois da edição discográfica anterior

DIANA CASTRO – UM PÁSSARO NA MÃO. DOIS A VOAR.

28 e 29 de Junho
15€
Um concerto-conversa. Num formato intimista, Diana Castro e Luís Roquette, contam a sua história através das canções (suas e de outros autores).